Print

Armas avançadas russas para a Síria: Os segredos não revelados da recente visita de Vladimir Putin a Londres
Par Global Research News
Mondialisation.ca, 26 juin 2013
Dam Press
Url de l'article:
https://www.mondialisation.ca/armas-avancadas-russas-para-a-siria-os-segredos-nao-revelados-da-recente-visita-de-vladimir-putin-a-londres/5340568

Durante a sua recente visita a Londres e encontro com o primeiro-ministro britânico Cameron, o Presidente Putin deixou uma mensagem para os EUA e para a França, em resposta ao recente anúncio de que estes irão armar os [Al Nusrah] combatentes na Síria.

A Rússia é uma nação soberana a lidar com o governo soberano e legítimo da Síria, algumas armas novas que nunca deixaram a Rússia antes [já implantadas na Síria] serão entregues aos militares sírios.

Os mísseis Patriot serão atingidos e repelidos com os S 300 SAM [já instalados na Síria]. Putin também ameaçou entregar os S400, mísseis antiaéreos mais avançados (veja imagem abaixo), muito superiores aos mísseis Patriot e classificado como o sistema de defesa aéreo mais avançado do mundo.

Ele acrescentou, ainda, que a Rússia também irá fornecer a Síria com os mais recentes lançadores de rockets de 24 tubos, que têm um alcance de 60 km classificados como a arma de artilharia mais desenvolvida do seu tipo. (Veja o vídeo abaixo)


Ele acrescentou que a Rússia vai fornecer 400 destes lançadores que serão capazes de destruir todos os alvos ao redor das fronteiras da Síria.

Um relatório da inteligência britânica afirmou que Putin foi para Londres com a sua própria comida russa cozinhada e não consumiu qualquer coisa da Grã-Bretanha, incluindo água, pois ele levou também a sua própria água com ele, supostamente porque tinha receio de ser envenenado.

Na página online dos serviços de inteligência britânicos é confirmado que Putin ameaçou enviar outras armas secretas de fabrico russo para a Síria para fazer pender a balança do poder ainda mais em favor da Síria, reiterou ainda que essas armas não serão usadas contra Israel na condição de que Israel não vai participar na guerra da Síria e dos países vizinhos. {Líbano, Jordânia]

Alegadamente, a resposta do PM britânico foi muito fraca em relação às ameaças de Putin.

A resposta de Putin veio pouco mais de 24 horas após a declaração de Obama, no sábado, em que este afirmou que iria armar a resistência síria.

Putin afirmou claramente que o Médio Oriente está a testemunhar uma mudança significativa. A Síria será armada com as armas que nunca foram vistas antes [no Médio Oriente], incluindo mísseis inteligentes guiados que nunca perdem o seu alvo.

Putin também acrescentou que a Rússia vai fornecer à Síria cinco mísseis terra-mar Skean, capazes de atingir e afundar qualquer alvo até 250 km da costa Síria.

Original em inglês aqui

putin1Russian Advanced Weapons for Syria: Unrevealed Secrets of Vladimir Putin’s Recent Visit to London, 18 de Junho de 2013

Traduzido por Filipe T. Moreira

Avis de non-responsabilité: Les opinions exprimées dans cet article n'engagent que le ou les auteurs. Le Centre de recherche sur la mondialisation se dégage de toute responsabilité concernant le contenu de cet article et ne sera pas tenu responsable pour des erreurs ou informations incorrectes ou inexactes.